Felipão tenta fazer mistério no Grêmio, mas não consegue

Treinador se prepara para encarar o líder do Brasilierão, Cruzeiro, e elenco confia em bom resultado diante de time 'muito qualificado'

Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2014 | 17h57

O técnico Luiz Felipe Scolari bem que tentou fazer mistério, ao fechar o treino do Grêmio para a imprensa na tarde desta terça-feira, mas não teve muito sucesso. Como o CT Luiz Carvalho está em obras, foi possível acompanhar, mesmo que de longe, a atividade gremista, dando para ver, inclusive, as mudanças no time para enfrentar o Cruzeiro, quinta, no Mineirão.

Em relação ao time que venceu o Criciúma no último domingo na Arena Grêmio, Felipão fez três mudanças. O lateral-direito Pará está de volta após cumprir suspensão, o que leva Matías Rodríguez para a reserva. Enquanto isso, o volante Walace e o zagueiro Pedro Geromel treinaram entre os titulares, ocupando os lugares, respectivamente, de Riveros e Rhodolfo, ambos com dores musculares.

Para completar, o atacante argentino Barcos, com lombalgia, o meia Giuliano, com dores no púbis, e o zagueiro Saimon, com lesão no joelho, também não treinaram nesta terça-feira, indicando que devem ser novamente desfalque para Felipão. Assim, o time montado pelo treinador na atividade teve Marcelo Grohe; Pará, Werley, Pedro Geromel e Zé Roberto; Walace, Ramiro e Fellipe Bastos; Luan, Dudu e Lucas Coelho.

"Sabemos que teremos um jogo muito difícil, contra um adversário muito qualificado, mas estamos treinando forte e vamos entrar em campo com alma e garra. Temos confiança em um bom resultado", disse Fellipe Bastos, um dos titulares de Felipão no Grêmio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioFelipão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.