Felipão testa mudanças no Grêmio e pede atenção a D'Alessandro

Treinador abre o treino, comanda um trabalho de posicionamento de seus jogadores, mas faz vários testes e não revela os 11 escolhidos 

Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 17h37

O técnico Luiz Felipe Scolari não repetiu o mistério da véspera, quando fechou o treino no Estádio Olímpico, e testou mudanças no Grêmio na atividade desta quinta-feira, sob olhares da imprensa. Ele comandou um trabalho de posicionamento para o clássico de domingo, diante do Internacional no Beira-Rio, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Se não fechou o treino, o treinador, no entanto, seguiu escondendo a equipe que entrará em campo no fim de semana. Ele promoveu inúmeras mudanças durante a atividade. Ramiro na lateral direita, Pará na esquerda e Zé Roberto como segundo volante foram alguns dos testes feitos por Felipão, que reestreará no Grêmio depois de 18 anos.

Mesmo sem uma definição, pelo menos aparentemente, o técnico gremista tem uma clara preocupação: o meia D''Alessandro. Em certos momentos, chamou a atenção de seu meio de campo no treinamento para se posicionar pensando no argentino. "É por ali que o D?Alessandro aparece. É no lado direito que ele apoia", disse durante a atividade, exigindo mais atenção de Pará e Zé Roberto.

Felipão ainda testou nesta quinta Werley na vaga de Pedro Geromel, a entrada de Matías Rodríguez na direita, além de Alán Ruiz no meio de campo, no lugar de Rodriguinho. Mais uma vez, ele não contou com Riveros, que se recupera de problema muscular e só correu em volta do campo. No seu lugar, Fellipe Bastos iniciou o treino, substituído depois por Zé Roberto.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmiofelipãobrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.