Felipão vê 'prejuízo grande' com empate e lamenta erros do Grêmio

O técnico Luiz Felipe Scolari não escondeu a insatisfação com o tropeço do Grêmio na estreia do Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando em casa, a equipe não passou de um empate por 3 a 3 diante da Ponte Preta, na Arena, depois de sofrer um gol no último lance da partida, quando já estava com um jogador a mais - Tiago Alves havia sido expulso.

Estadão Conteúdo

11 de maio de 2015 | 09h30

"A Ponte Preta tem uma boa equipe. No campo, a gente tem de ser melhor para vencer. Tivemos a chance por duas vezes e não aproveitamos. O prejuízo é grande, se não ganhar em casa vamos correr riscos até o final", declarou o treinador.

Felipão até gostou do Grêmio até o início do segundo tempo, quando a equipe abriu 2 a 0 no placar, mas criticou a postura de seus comandados depois disso. Ele inclusive lamentou que o time gaúcho não tenha se fechado mais para garantir os três pontos.

"Se tivéssemos recuado, não tomaríamos o gol. Estávamos com 11 contra 10, podíamos trabalhar a bola. Houve uma série de detalhes. Faltavam cinco segundos e a bola estava no ar. Chutamos no pé do adversário... São detalhes que ocorrem no futebol e servem para conversarmos com os jogadores. Vamos ver se aprendemos com estas lições duras", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.