Felipão viaja com diploma na mão

Luiz Felipe Scolari irá assumir tranqüilamente a Seleção Portuguesa sábado. Apenas juntou à bagagem a carteira de treinador sindicalizado no Rio Grande do Sul, o diploma de professor de Educação Física e uma cópia da lei que regulamenta a profissão de técnico no Brasil. Assim, deu em nada a polêmica criada pelo presidente da Associação dos Treinadores Portugueses, Jorge Pereira. Pereira alegava que o treinador brasileiro não poderia assumir o comando da seleção de seu país. Dizia que Scolari não teria condições de trabalhar porque não teria diploma de treinador.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.