Felipe ansioso para jogar no Palmeiras

A voz é de pura empolgação. O lateral-esquerdo Felipe não vê a hora de a segunda-feira chegar, quando será apresentado como novo jogador do Palmeiras. Depois de vários desentendimentos com o presidente do Vasco, Eurico Miranda, e uma negociação frustrada com a Roma, o jogador de 23 anos vê na Libertadores e no Mundial de Clubes da Fifa a grande chance de mostrar que não perdeu o seu talento.A contratação foi uma teimosia de Mustafá Contursi. Apesar de toda a fama de problemático que acompanha o lateral, o presidente do Palmeiras foi direto ao empresário do jogador, Reinaldo Pitta. "Confio no Felipe, quero que ele aproveite a oportunidade que estou dando a ele. Estou, inclusive, abrindo mão do Euller. Ele que aja com responsabilidade", disse o dirigente. O recado foi entendido.Agência Estado - Como você vê a chance de jogar pelo Palmeiras?Felipe - Estou empolgado. Tive tantos problemas no Vasco que o melhor caminho para a minha carreira deveria ser mesmo longe de São Januário. O futebol paulista sempre me atraiu. Ainda mais o Palmeiras. Então, vou fazer o máximo para fazer valer tanta confiança que este clube teve, me contratando.AE - Qual foi o peso da sua amizade com o Alex?Felipe - Ele é um grande amigo que tenho. Liguei constantemente para o Alex. Estava muito animado para jogar no Palmeiras. Ele me dizia dos planos de lutar pela Libertadores e pelo Mundial de Clubes e ficava torcendo que desse certo a minha contratação. Ainda bem que deu tudo certo.AE - Você vai querer brigar para jogar no meio-de-campo?Felipe - Não. Vou jogar pela lateral esquerda, minha real posição. Mas vou deixar para o treinador que estiver trabalhando no Palmeiras definir onde eu posso render mais ao clube. Não quero brigar com ninguém. Pelo contrário, estou indo para o futebol paulista só para colaborar.AE - O Palmeiras tem condições de brigar pela Libertadores e pelo Mundial? O time está muito mal...Felipe - Isso é só questão de tempo. Sei que o clube contratou grandes jogadores. Só que precisam se entrosar. Aposto muito alto no Palmeiras. Não vejo a hora de jogar com a camisa verde e branca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.