Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Felipe aposta no bom retrospecto contra o São Paulo

Goleiro do Corinthians tem duas vitórias e três empates em partidas contra o rival do Morumbi

Fabio Hecico - O Estado de S. Paulo,

18 de abril de 2009 | 19h06

SÃO PAULO - Este domingo pode ser o dia da redenção para o goleiro Felipe. Dez meses após ter sido apontado como principal responsável pela perda do título da Copa do Brasil, diante do Sport Recife, o camisa 1 corintiano tem uma decisão para valer pela frente. É a chance de ficar de uma vez por todas em paz com a torcida. Basta não sofrer gols do São Paulo. "O pensamento é esse", afirma.

Veja também:

linkMano comemora provocação são-paulina a Ronaldo

forum VOTE: qual será a final do Paulistão?

tabela Campeonato Paulista - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Felipe tem ótimo retrospecto contra o rival com a camisa corintiana. Foram cinco jogos, com duas vitórias, três empates e dois gols sofridos. "Jogarei com responsabilidade maior, mas farei de tudo para que as coisas boas possam ocorrer."

O goleiro viveu todas as fases de um casamento com os corintianos. Em 2007, apesar do rebaixamento, curtiu lua de mel - foi tratado como único bom jogador na campanha desastrosa. Em 2008, a primeira crise: falha e derrota diante do Sport, fim do sonho da conquista da Copa do Brasil e afastamento do time. A reconciliação viria na Série B do Brasileirão, com boa participação.

Ele acabou literalmente nos braços da galera, no Pacaembu, após o título da Segunda Divisão. "Agora, preciso de um título de primeira", declarou. Mas, mais uma vez, a relação goleiro-arquibancada anda estremecida. Depois de falha contra o Palmeiras e a Ponte Preta, foi chamado de "frangueiro".

Não se abateu e, na primeira semifinal, fez duas belas defesas contra o São Paulo, que lhe renderam elogios de Élber, olheiro do Bayern de Munique, interessado em sua contratação. "Mas não tem nada (de negociação)", garante Felipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.