Felipe defende Acosta: 'É só falar mal dele que ele faz gol'

Goleiro do Corinthians critica aqueles que não tem apoiado o meio-campista uruguaio pelos jogos

Agência Estado

20 de março de 2008 | 11h31

O goleiro Felipe, do Corinthians, ironizou as críticas ao atacante uruguaio Acosta, autor do segundo gol na vitória de 2 a 1 sobre o Fortaleza, na noite de quarta-feira, no Ceará, pela Copa do Brasil.Veja também: Corinthians consegue vitória de virada sobre o Fortaleza"Toda vez que estão criticando, ele faz gol. Contra a Ponte Preta foi assim. Aí ele se contundiu e já começaram a falar. Hoje [quarta-feira] ele voltou e marcou. Deixa a imprensa falar mal dele que ele faz gol", brincou Felipe.Contratado para ser referência no setor ofensivo corintiano, Acosta ainda não se firmou como titular. Após a vitória sobre o Fortaleza, disse que ainda não consegue jogar uma partida completa, devido a uma lesão na coxa."O Mano perguntou se dava pra jogar os 90 [minutos], mas eu falei que não, que estava parado há muito tempo. Cansei jogando apenas 30, imagine 90", disse o uruguaio.Com a vitória sobre o Fortaleza, o Corinthians joga por um empate para avançar às oitavas-de-final da Copa do Brasil. O time paulista pode até perder por 1 a 0 em casa, no dia 3 de abril, que conseguirá passar adiante na competição. Resultado de 2 a 1 para o Fortaleza leva a decisão para os pênaltis. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.