Felipe evita empolgação após estreia no Flamengo

O goleiro Felipe teve uma boa estreia no Flamengo, ao não tomar nenhum gol na vitória por 2 a 0 sobre o Volta Redonda, na noite de quarta-feira, pela primeira rodada do Campeonato Carioca. Mas ele evita empolgação, consciente de que ainda precisa conquistar a confiança da torcida flamenguista.

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 20h43

"Fiquei feliz com o resultado, ainda mais sabendo que teria o peso da estreia. O pessoal aqui realmente cobra", disse Felipe, que foi contratado nesta temporada para ser o novo goleiro titular do Flamengo. "Para um estreia, tinha na cabeça que teria de fazer uma boa partida. Se tomasse um gol, o torcedor já ficaria desconfiado. Quanto menos gol tomar, a confiança vai ficar maior."

Com a experiência de ter defendido o gol do Corinthians por três anos, entre 2007 e 2010, Felipe sabe bem como lidar com um clube de grande torcida. "Foi importante estrear com vitória, mas sabemos que no próximo jogo temos de jogar bem novamente. Para goleiro é ainda mais complicado. Pode defender dez, mas se tomar um gol...", admitiu o jogador de 26 anos, que veio do Braga, de Portugal.

Por isso mesmo, ele mantém a tranquilidade. "Não pode se empolgar demais quando vai bem e nem se abater quando vai mal. Temos muito a mostrar para conseguir a confiança da comissão técnica, da diretoria e da torcida", revelou Felipe, já pensando em manter a sua invencibilidade no próximo jogo do Flamengo, que acontece no sábado, contra o América, pela segunda rodada do Campeonato Carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoFelipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.