Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Felipe Jonatan assegura que problemas financeiros não atrapalharão o Santos

Pagamento dos direitos de imagem do elenco está atrasado em um mês

Redação, Estadão Conteúdo

26 de junho de 2019 | 21h45

Embora os salários estejam em dia, o pagamento dos direitos de imagem do elenco do Santos está atrasado em um mês. Esse cenário já foi reconhecido pelo presidente José Carlos Peres, que prometeu saná-lo até o fim de semana, além de ter sido minimizado pelo lateral-esquerdo Felipe Jonatan, garantindo que isso não afetará o desempenho dos jogadores dentro de campo.

"O salário é uma ocasião à parte, está em dia. Mas se realmente atrasar novamente, isso não pode atrapalhar nosso rendimento. Foi assim contra o Corinthians. Precisamos entrar em campo determinados e seguir focados", afirmou o defensor, em entrevista coletiva nesta quarta-feira no CT Rei Pelé.

Os atrasos salariais também atingiram o elenco do Santos durante a disputa do Campeonato Paulista, algo revelado às vésperas do confronto pelas quartas de final contra o Red Bull Brasil, em que o time conseguiu avançar às semifinais.

Além de lidar com os problemas financeiros, o Santos também precisa encarar um desafio para fechar a temporada com a conquista de um título. Afinal, falhou no Paulistão, na Copa do Brasil e na Sul-Americana. Já no Campeonato Brasileiro, ainda que esteja em segundo lugar, a distância para o Palmeiras está em cinco pontos.

Felipe Jonatan, porém, acredita que o Santos ainda pode ultrapassar o rival na luta para ser campeão nacional. "Não abala, porque a gente sabe que tem de fazer um Brasileiro regular. Não podemos oscilar, é muito cedo para falar em título. Estamos prontos para conquistar sempre os três pontos, é pensar jogo a jogo", comentou.

Em preparação para a retomada do Brasileirão, o Santos fará jogo-treino diante do São Bento no domingo, na Vila Belmiro, com os portões fechados. Depois, em 13 de julho, visitará o Bahia, na Fonte Nova, pela décima rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.