Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Felipe Jonatan reconhece erro no clássico e pede atenção do Santos a D'Alessandro

Alvinegro recebe o Internacional no domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro

Redação, Estadão Conteúdo

22 de maio de 2019 | 18h42

A goleada de 4 a 0 sofrida para o Palmeiras no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro, ainda repercute no Santos. O lateral-esquerdo Felipe Jonatan reconheceu que cometeu falhas individuais na partida realizada no Pacaembu, mas disse que o seu desempenho, no geral, foi bom, e acredita estar evoluindo com a camisa alvinegra.

"Tenho minha autocrítica. Apesar do resultado contra o Palmeiras, fiz uma boa partida. Infelizmente falhei, assumo minha culpa pelo terceiro gol", reconheceu o jogador, em entrevista coletiva nesta quarta, para depois fazer um contraponto sobre sua performance. "Se for ver os números, eu mal erro passe e dificilmente estou mal colocado no campo. Tenho certeza de que o professor Sampaoli me vê com bons olhos".

O Santos tentará se recuperar da primeira derrota no Brasileirão no próximo domingo, quando enfrenta o Inter, às 16 horas, na Vila Belmiro. Felipe Jonatan pediu atenção ao argentino Andrés D'Alessandro, principal articulador do meio-campo da equipe colorada.

"A gente tem de ficar bem focado no D'Alessandro, que é um atleta que tem muita qualidade e experiência no futebol. Temos de conseguir esse resultado positivo para seguir bem no Campeonato Brasileiro", declarou.

Felipe Jonatan também comentou sobre a possível vinda do atacante Marinho, que negocia com o Santos e pode chegar ao clube paulista em troca envolvendo a ida do zagueiro David Braz para o Grêmio. O lateral foi companheiro de Marinho no Ceará.

"É um atleta aguerrido, veste a camisa para honrar. Ele vai acrescentar muito caso a sua chegada se concretize. Eu creio que será uma vida importante ao elenco, fará muitos gols, principalmente para o Brasileirão, que é um campeonato longo", disse.

TREINO

O elenco comandado pelo técnico Jorge Sampaoli realizou na manhã desta quarta, no CT Rei Pelé, o segundo treino em preparação para o duelo contra o Inter.

Rodrygo e Eduardo Sasha, que desfalcaram o Santos no clássico com o Palmeiras por desconforto muscular, treinaram normalmente e devem estar à disposição do treinador.

O costarriquenho Bryan Ruiz, reintegrado ao elenco na última terça-feira, também trabalhou com o grupo pelo segundo dia seguido, mas está fora dos planos do comandante argentino neste momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.