Felipe May garante vaga em Montreal

Felipe May Araújo é o 12.º nadador brasileiro e o único fundista a conseguir vaga para o Mundial dos Esportes Aquáticos de Montreal, no Canadá, em junho. Hoje, o nadador do Curitibano venceu a final dos 800 m livre no Troféu Brasil de Natação, no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, com 8min06s07 (o índice é 8min07s85)."Não consigo parar de sorrir. Finalmente consegui. Na minha última chance na competição.Fiquei arrasado quando não obtive índice para a Olimpíada, mas não desisti", disse May, que disputou o Mundial de Barcelona e o Pan-Americano de Santo Domingo, em 2003. Seu objetivo é quebrar o recorde sul-americano dos 800 m (7mim59s85), de Djan Madruga, que dura 25 anos. Além dele, estarão no Canadá Joanna Maranhão (4x200 m livre, 200 m e 400 m medley), Flávia Delaroli e Rebeca Gusmão (50 m livre), Mariana Brochado, Paula Baracho e Monique Ferreira (4x200 m livre), Fabíola Molina (50 m costas), Fernando Scherer (50 m livre e 50 m borboleta), Kaio Márcio (50 m e 100 m borboleta), Gabriel Mangabeira (100 m borboleta) e Thiago Pereira (200 m medley). No penúltimo dia do Troféu Brasil, hoje, Rebeca Gusmão foi a segunda dos 50 m peito (32s87), atrás da francesa Anne Sophie Paranthoen, do Pinheiros (32s81). Nas eliminatórias da tarde bateu o recorde brasileiro dos 100 m peito, com 1min11s91 (era de Patrícia Comini, 1min12s47). Kaio Márcio venceu os 200 m borboleta (1min59s92) e Eduardo Fischer os 50 m peito (28s48).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.