ALEX SILVA/ESTADAO
ALEX SILVA/ESTADAO

Felipe Melo dedica gol contra a Chapecoense para Mattos e Bolsonaro

Volante homenageou dirigente, principal alvo da torcida por causa da falta de títulos na temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2019 | 00h16

Felipe Melo homenageou o diretor de futebol Alexandre Mattos após marcar o gol aos 54 minutos do segundo tempo que garantiu ao Palmeiras a vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense no Allianz Parque nesta quarta-feira. O dirigente está sendo muito pressionado e virou o principal alvo de críticas da torcida por causa da falta de títulos da equipe na temporada. O volante também dedicou o triunfo à mulher e ao presidente Jair Bolsonaro, torcedor declarado do Palmeiras.

"Quero dedicar o gol a um cara que me trouxe para cá, que é o Mattos, para a minha esposa e ao presidente da República, que é um cara que está sempre me dando moral, falando de mim nas entrevistas", disse.

Felipe Melo também destacou a insistência da equipe em busca do gol. "Martelamos até o final. Mostramos uma força imensa do nosso grupo. A única vez que precisamos do nosso goleiro, ele foi muito bem. A vitória vem para coroar, buscamos desde o primeiro minuto contra um time que veio para empatar", disse.

Com a vitória diante da sua torcida, o Palmeiras soma 53 pontos na segunda colocação do Campeonato Brasileiro e continua a sua caça ao líder Flamengo, que bateu o Fortaleza por 2 a 1 e tem 61. Na próxima rodada, a equipe do técnico Mano Menezes enfrenta o Athletico-PR, domingo, fora de casa.

O atacante Dudu também fez questão de ressaltar o fato de o Palmeiras ter pressionado a Chapecoense até os acréscimos. "A gente caprichou até demais, a bola passou muito perto. Não pode desistir. Quem achou que ia ser um jogo fácil, foi difícil. O time está de parabéns pela insistência", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.