Paolo Bona/Reuters
Paolo Bona/Reuters

Felipe Melo marca e Juventus derrota Atalanta

Time de Turim vence por 2 a 1 e segue na disputa por disputa por uma vaga na Liga dos Campeões

AE, Agência Estado

28 de março de 2010 | 12h37

Com um gol do brasileiro Felipe Melo já no final da partida, a Juventus voltou a vencer no Campeonato Italiano ao superar o Atalanta por 2 a 1, em Turim, neste domingo. O resultado embolou ainda mais a disputa por uma vaga na Liga dos Campeões.

Veja também:

ITALIANO - lista mais notícias 

ITALIANO - tabela Classificação/ listaTabela

Com os três pontos conquistados, a Juventus chegou à sexta colocação e ultrapassou a Sampdoria, que só empatou em casa com o Cagliari por 1 a 1. Segue atrás do Napoli, no entanto, após a vitória napolitana sobre o Catania por 1 a 0. As três equipes estão empatadas com 48 pontos, três atrás do quarto colocado Palermo. Os quatro primeiros garantem vaga na Liga dos Campeões.

Em péssima fase na temporada, após a eliminação na Liga Europa e duas derrotas consecutivas no Campeonato Italiano, justamente para Napoli e Sampdoria, a Juventus entrou em campo neste domingo com a obrigação da vitória.

E depois de um início animador, o time de Turim abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo, em bonita cobrança de falta de Del Piero. Antes do intervalo, o atacante Amoruso até empatou e assustou os torcedores. Mas já aos 38 do segundo tempo, Felipe Melo fez de cabeça e garantiu a vitória da Juventus.

Para derrotar o Catania em casa e assumir a quinta colocação, o Napoli contou com um gol de Cannavaro aos cinco minutos do segundo tempo. Já a Sampdoria até saiu na frente no início da etapa final, com gol de Guberti, mas cedeu o empate ao Cagliari já no término do confronto.

A Fiorentina, por sua vez, atropelou a Udinese em casa e goleou por 4 a 1. Vargas, Gilardino, Santana e Jovetic marcaram para o time mandante, enquanto Pepe descontou.

Ainda neste domingo, ocorreram três empates: Chievo 0 x 0 Parma, Siena 0 x 0 Genoa e Livorno 1 x 1 Bari.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.