Felipe perto do retorno aos jogos

Faltam cinco dias para o meia Felipe, do Fluminense, voltar a fazer o que mais gosta: jogar futebol. Perto de cumprir suspensão de quatro meses imposta pela Justiça Desportiva por ter agredido com um soco o volante Marcos Mendes, do Campinense-PB, num jogo pela Copa do Brasil, o atleta falou sobre seus momentos de angústia.Disse que para suprir a ausência do dia-a-dia do futebol buscou o apoio de quem mais ama: seus parentes. "Conversava sempre com minha esposa e o nascimento do meu filho deu uma amenizada no meu sofrimento", declarou Felipe, durante entrevista coletiva.Sobre o longo tempo sem disputar uma partida oficial, o meia disse que, mesmo treinando diariamente, vai sentir falta de ritmo de jogo. "Mas a vontade de ajudar o Fluminense é grande".Indagado se a equipe das Laranjeiras seria campeã da Copa do Brasil, caso ele tivesse em campo, Felipe desabafou: "Quando o Fluminense venceu o Campeonato Carioca, o Felipe não prestava. Mas como perdeu para o Paulista, o Felipe fez falta. Isso infelizmente faz parte do futebol".Com um reforço de peso, o técnico Abel Braga ganha em opção e em qualidade técnica no elenco. Mas, de forma sutil, o treinador afirmou que ainda é cedo para adiantar se vai ou não escalar Felipe no time titular. "Estou pensando somente no jogo contra o Fortaleza, sábado", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.