Felipe quer 'mais do que superação' no clássico na Vila

Goleiro corintiano diz que resultado positivo contra o Santos será fundamental para a classificação no Paulista

Redação,

25 de março de 2008 | 18h34

O goleiro Felipe afirmou nesta terça-feira que o Corinthians deve ter mais do que superação para encarar o Santos na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. Para o jogador, uma vitória será fundamental para as projeções do clube de garantir uma vaga nas semifinais do Estadual. "Você tem de se superar em alguns momentos, mas superação apenas não ganha jogo. Todos nós pensamos que o Santos vai partir para cima, pois tem chance para se classificar", explicou Felipe, que pediu para os companheiros terem atenção com o atacante Kléber Pereira, principal goleador santista. O jogo entre Santos e Corinthians acontece nesta quarta-feira, às 21h45, pela 17.ª rodada do campeonato. Atualmente, o time de Parque São Jorge é o quarto colocado, com 30 pontos. Já o Santos está em sétimo lugar, com 26 - se perder, o time da Vila não terá mais chances de se classificar. O técnico Mano Menezes não confirmou a escalação do Corinthians para o duelo, mas deve ter como novidades Diogo Rincón, Perdigão e Herrera. O time deve pegar o Santos com a seguinte formação: Felipe; William, Chicão e Carlão; Carlos Alberto, Perdigão, Fabinho, Diogo Rincón e André Santos; Dentinho e Herrera. PRESSÃOMano disse que os jogadores estão preparados para suportar a pressão na Vila. O técnico também contou que o time está equilibrado para desempenhar um bom papel nos últimos três jogos do campeonato - além do Santos, o Corinthians enfrenta o Marília (casa) e o Noroeste (fora). "Quando uma equipe não chega há algum tempo, lógico que a pressão é maior. Num clube menor, se não chega é mais um ano que não chegou", explica o técnico. "Clube grande conseqüentemente é maior, cria ansiedade maior. Quando está perto da classificação, a pressão, então, é mais forte." (Colaborou Marcel Rizzo, do Jornal da Tarde)

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFelipeSantosPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.