Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Feliz com 'especulações', Jorge quer voltar a atuar na Europa em 2020

Lateral-esquerdo estava emprestado ao Santos até o fim desta temporada e disse que o Monaco o quer de volta

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

09 de dezembro de 2019 | 18h25

O lateral-esquerdo Jorge dificilmente continuará no futebol brasileiro em 2020. O contrato de empréstimo com o Santos vence no fim deste ano, e o jogador vive "expectativa grande" de voltar a atuar na Europa. Ele tem vínculo com o Monaco, da França, por mais três temporadas.

"Expectativa grande de voltar ao futebol europeu. Quando estava lá, aconteceram algumas coisas e eu pensei em voltar ao Brasil para aparecer novamente. Fui convocado pelo Tite, terminei o Brasileiro bem, e agora o próprio Monaco me quer de volta, porque viram que eu evoluí. É esperar para ver o que vem pela frente", afirmou Jorge, após ser eleito o melhor lateral-esquerdo do Brasileirão no prêmio Bola de Prata.

Um dos interessados em contar com Jorge é o Palmeiras. O lateral-esquerdo também chegou a estar na mira de outros clubes europeus e disse estar feliz com as "especulações". De acordo com a imprensa francesa, o Monaco pede 10 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões) pelo jogador. 

"Fico feliz com essas especulações, é o mérito do meu desempenho no futebol brasileiro em 2019. Então é entregar nas mãos de Deus e deixar ele resolver meu caminho e meu futuro", disse.

Contratado pelo Santos nesta temporada por empréstimo, Jorge atuou em 34 partidas e marcou dois gols. As atuações chamaram a atenção do técnico Tite, que convocou o lateral para integrar a seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia e Peru, em setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.