Feliz no Fluminense, Rafael Moura critica o Corinthians

O atacante Rafael Moura não poupou de críticas ao Corinthians, ao comparar o ambiente vivido no seu antigo clube, em 2006, com o atual momento que passa no Fluminense. O jogador destacou que atuar no time paulista na temporada passada foi um verdadeiro ?inferno?. ?O ambiente era muito pesado porque tinha muitos jogadores de nome. A vaidade era algo notável?, afirmou Rafael Moura, feliz da vida por ter ido ao Fluminense. ?Vim para um time de mesmo nível e ambiente melhor.? Apesar dos elogios ao Fluminense, Rafael Moura ainda não tem a vaga de titular assegurada no time carioca. O atacante, no entanto, afirmou que não vê problemas em ficar no banco de reservas. Atualmente, ele, Alex Dias e Soares brigam pelas duas vagas no ataque da equipe do técnico PC Gusmão. ?Estou gostando muito do time titular e da equipe reserva. O placar dos treinos mostra o equilíbrio. Hoje, o Fluminense está bem servido em todas as posições?, disse Rafael Moura. ?Quero encontrar meu espaço com os companheiros. Depois, vou pensar na vaga no time, título e artilharia.? Nesta quinta-feira, o lateral-direito Rogério assinou a rescisão de contrato com o Fluminense. Contratado em 2006 para ser uma das estrelas do time, o jogador foi dispensado no começo deste ano. ?Saio chateado comigo, porque não consegui render o que esperava. Isso não aconteceu por uma série de contusões, que não ocorriam na minha carreira?, explicou o jogador, que negou ter propostas do Santos e Grêmio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.