Bruno Corsino/ACG
Bruno Corsino/ACG

Fellipe deixa UTI três semanas após ter parada cardíaca em treino do Atlético-GO

Atleta de 18 anos está em um leito de enfermaria e deve continuar sob os cuidados médicos

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2021 | 14h00

O feriado começou com ótima notícia para os torcedores do Atlético-GO. Três semanas após sofrer duas paradas cardíacas em treino da equipe sub-20, o jovem zagueiro Fellipe, de somente 18 anos, deixou a UTI do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.

O defensor passou mal no último dia 12 de outubro, quando a equipe sub-20 fazia um trabalho de campo. Fellipe foi reanimado ainda no gramado e acabou levado de ambulância ao hospital em estado grave.

No período de internação, no qual ficou entubado, sedado e utilizando medicamentos vasoativos, o Atlético-GO chegou a pedir orações por uma recuperação do jovem, alegando que o quadro era extremamente grave e toda demosntração de fé seriam vitais por uma recuperação.

Com os cuidados, o quadro de Fellipe foi apresentando leve melhora dia a dia e, neste feriado, o clube festejou essa evolução com o anúncio da saída da UTI. Mesmo assim, o zagueiro seguirá sob cuidados médicos em um quarto no hospital.

"Fellipe deixou a UTI no início desta semana e está no leito da enfermaria do Hugol. O atleta teve melhora clínica, porém com quadro neurológico reservado", limitou-se a dizer o Atlético-GO em suas redes sociais.

Apenas após o jogador deixar o hospital que o Atlético-GO definirá sobre seu futuro. Fellipe deve passar por um trabalho com especialista para saber se terá condições de voltar aos gramados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.