Ferdinand estréia no Manchester

Apenas cinco dias depois de ter conseguido uma negociação histórica na Grã-Bretanha - o recorde de 30 milhões de libras (cerca de US$ 45 milhões) pagos por um zagueiro -, Rio Ferdinand, ex-Leeds e titular da seleção da Inglaterra na Copa do Mundo, acabou estreando neste sábado no Manchester United. Antes do previsto, o técnico Alex Ferguson colocou o jogador em campo contra o Bournemouth, da terceira divisão. Mas por um bom motivo: homenagear o colega Mel Machin, ex-treinador do time adversário.Foi com ele que Ferdinand começou a aparecer para o futebol: deixou o West Ham pelo Bournemouth em novembro de 1996, aos 16 anos, com apoio de Machin. Naquela época, o garoto de 1,85 m (que ainda cresceria uns três a cinco centímetros, na previsão dos preparadores), já chamou atenção do próprio Ferguson. Hoje, aos 23 anos, Ferdinand é o defensor mais caro do mundo.Inicialmente, Rio Ferdinand só estrearia no outro fim de semana, em amistoso com a Holanda. Mas acabou entrando neste sábado, quando jogou 17 minutos, formando o centro da defesa ao lado do irlandês John O?Shea."Mel fez um monte de coisas por mim e por isso queria me unir àqueles que vão lhe render tributo. Foi emocionante entrar em campo, ainda que por pouco tempo", disse o zagueiro. "Já sinto que a temporada começou."O Manchester teve de superar dois gols contra, marcados por Adrián Cáceres e Carl Fletcher, com o argentino Juan Sebastián Verón, mais Ben Muirhead e o escocês Michael Stewart.Em outro amistoso disputado pelo restante do elenco, o Manchester United fez 5 a 0 sobre o Chesterfield. Gols do francês Laurent Blanc, do holandês Ruud van Nistelrooy, do uruguaio Diego Forlán, do irlandês Roy Keane e de Kieron Richardson.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.