Ferdinand: venda por preço recorde

É consenso em todo o mundo de que o mercado do futebol está em uma fase de retração. E que não é pequena. Contudo, como toda regra tem sua exceção, nesse caso ela atende pelo nome de Rio Ferdinand. Em plena recessão, o zagueiro inglês protagonizou uma das maiores negociações da história ? a mais cara do futebol inglês, superando o recorde que, até então, era do argentino Verón, que custou ao Manchester United US$ 44,3 milhões. Por 30 milhões de libras esterlinas, o que corresponde a US$ 47 milhões, deixa o Leeds United e vai jogar também no Manchester, segundo informou a rede de televisão Sky News.O desfecho da transação esteve diretamente relacionado ao desempenho de Ferdinand na Copa do Mundo da Coréia do Sul e do Japão. Apesar da eliminação precoce da equipe inglesa (perdeu para o Brasil nas quartas-de-final, por 2 a 1), o zagueiro foi eleito uma das revelações da competição. Aos 23 anos, foi titular da seleção que, até o momento da declassificação, tinha uma das defesas mais elogiadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.