Ferguson diz que fica mais 3 anos no Manchester United

O técnico Alex Ferguson comemorou neste sábado o seu 70º aniversário e comprometeu-se a permanecer no comando do Manchester United por pelo menos mais três anos. Ao canal de TV do clube, ele disse que não tem planos imediatos de se afastar do futebol, e garantiu ainda ter motivação para conquistar mais títulos, mesmo depois de 25 anos no comando do clube.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2011 | 14h13

"Eu acho que eu tenho três anos com o clube", disse Ferguson. "Enquanto a minha saúde estiver boa, enquanto eu ainda estiver gostando, continuando a ter a satisfação de ver a equipe fazendo o seu melhor", completou o técnico, que tem evitado comentar sobre sua aposentadoria desde que anunciou a sua intenção de deixar o futebol após a temporada 2001/2002.

Depois, o técnico descartou a sua promessa, e desde então levou o Manchester United a faturar quatro títulos nacionais, o que tornou o clube o maior vencedor do Campeonato Inglês com 19 conquistas. O treinador faturou 27 títulos relevantes pelo Manchester United, incluindo duas conquistas da Liga dos Campeões da Europa e cinco edições da Copa da Inglaterra.

"Você não ganha todas as vezes. Eu tive muitas derrotas. Mas, no contexto das conquistas, são minúsculas, as derrotas", disse Ferguson. "Somos todos muito bons em perder aqui. As pessoas dizem que nós somos grandes vencedores, mas também somos grandes perdedores. Você sabe por quê? Porque não deixamos que isso aconteça muitas vezes".

Neste sábado, Ferguson foi ovacionado pelo público de pé no Old Trafford antes do Manchester United enfrentar o Blackburn, além de ter sido saudado com a música "Feliz Aniversário". O escocês comemorou o seu aniversário de 25 anos como técnico do clube em novembro. Na ocasião, um dos setores do estádio recebeu o seu nome.

Ferguson tem enfrentado algumas dificuldades nesta temporada. O Manchester United foi eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões e está em disputa acirrada com o Manchester City, que o goleou por 6 a 1, pelo título do Campeonato Inglês. Com o time em fase de reconstrução, o técnico disse que ainda há muito trabalho a ser feito.

"Os novos jogadores que chegam ao clube, [Phil] Jones, [Chris] Smalling, Ashley Young, não ganharam nenhum título ainda", disse. "Temos que manter o domínio vencendo campeonatos e também, sem dúvida, vencer a Liga Europa é importante para o clube".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester UnitedAlex Ferguson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.