Arquivo/AE
Arquivo/AE

Ferguson diz que Rooney quer sair do Manchester United

Técnico nega desentendimento com o jogador e admite estar decepcionado com seu comportamento

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2010 | 12h25

O técnico Alex Ferguson revelou nesta terça-feira que o atacante Wayne Rooney pretende deixar o ManchesterUnited. De acordo com o comandante, a negociação para renovação do contrato do jogador, realizada com o seu empresário, fracassou por conta do desinteresse do astro em permanecer no clube inglês. Como o vínculo se encerra em 2012, a tendência é que Rooney, que já desperta o interesse de vários clubes, seja negociado.

Veja também:

linkChelsea admite chance de fazer proposta por Rooney

"Eu estava no clube em 14 de agosto, quando David [Gill, chefe-executivo] me disse que recebeu um telefonema de seu agente dizendo que Wayne [Rooney] não estava indo para assinar seu contrato. Então fui me encontrar com David. Ele disse que não podia acreditar e nem eu poderia. Eu estava pasmo, eu não poderia compreender porque antes ele tinha dito que ele estava no maior clube do mundo e ele queria ficar até o fim da vida. Nós simplesmente não sabemos o que mudou na mente do rapaz", afirmou.

Ferguson admitiu estar decepcionado com o comportamento de Rooney, que sempre teve o seu apoio no Manchester United. "O que estamos vendo agora na mídia é decepcionante, porque fizemos tudo o que pudermos para Wayne Rooney, desde o momento em que ele veio para o clube. Nós sempre estivemos lá, como um porto para ele. Toda vez que ele esteve em apuros, demos conselhos a ele, eu fui mesmo preparado para lhe dar conselhos financeiros, muitas vezes", disse.

O técnico negou que tenha ocorrido algum desentendimento recente com Rooney. "Não houve nenhuma briga", declarou Ferguson, que garantiu não ter recebido propostas de compra de Ferguson nem ter feito nova proposta para renovação do contrato. "Não há nenhuma proposta sobre a mesa para Wayne, porque eles não estão preparados para ouvir uma proposta", completou.

A decisão de Rooney de deixar o Manchester United deve atrair o interesse de vários clubes europeus. A imprensa britânica garante que o Manchester City está interessado no jogador e o técnico Carlo Ancelotti, do Chelsea, admitiu a possibilidade de fazer uma proposta pelo atacante. Além disso, o nome do jogador inglês já foi ligado em outros momentos ao Real Madrid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.