Ferguson recua e diz que liberará Ferdinand para seleção

Um dia depois de colocar em dúvida a presença de Rio Ferdinand na seleção inglesa, para a qual o experiente zagueiro de 34 anos foi convocado na última quinta-feira após quase dois anos de ausência do time nacional, o técnico Alex Ferguson recuou neste sábado ao dizer que o Manchester United irá liberar o jogador para a disputa dos confrontos diante de San Marino e Montenegro, respectivamente nos dias 22 e 26 de março, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014.

AE-AP, Agência Estado

16 de março de 2013 | 17h45

Na última sexta-feira, Ferguson indicou que o clube poderia impedir a ida de Ferdinand para a seleção, em razão do histórico de problemas físicos do jogador. O comandante também revelou preocupação com os efeitos proporcionados pelo excesso de partidas disputadas pelo defensor, lembrando que há um planejamento traçado há bastante tempo para o atleta.

Entretanto, depois da vitória por 1 a 0 sobre o Reading, neste sábado, pelo Campeonato Inglês, Ferguson resolveu não mais entrar em conflito com o desejo do técnico Roy Hodgson de retomar a trajetória de Ferdinand com a camisa da Inglaterra. "Rio vai se juntar à seleção na próxima semana", assegurou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.