Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Ferj afasta árbitro e assistente após erro em Flamengo x Vasco

O juiz marcou um pênalti inexistente para o Vasco aos 47 do segundo tempo

Redação, Estadao Conteudo

27 de março de 2017 | 09h14

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) decidiu afastar o árbitro Luis Antônio Silva dos Santos e o auxiliar Daniel do Espírito Santo Parro pelo erro cometido nos minutos finais do clássico entre Flamengo e Vasco, no domingo, em Brasília. A falha, em pênalti que não ocorreu, resultou no gol de empate do Vasco, finalizando a partida em 2 a 2.

"Depois de analisar os fatos e conversar com o árbitro, chegamos a conclusão de que houve um erro de interpretação. Com isso, tivemos um pênalti mal marcado", afirmou Sérgio Santos, coordenador da comissão de ensino da Ferj.

"Um dos motivos para o erro foi o mal posicionamento do árbitro Luiz e também a não participação positiva do assistente número 1, Daniel do Espírito Santo, que deveria informar ao árbitro de que a boa não bateu na mão. Tendo em vista estes acontecimentos, decidimos pelo afastamento dos dois árbitros por tempo indeterminado."

No polêmico lance, Nenê tentou cruzar na área, mas a bola acertou a barriga de Renê, do Flamengo. O árbitro Luis Antônio, também conhecido como Índio, assinalou a penalidade inexistente. Apesar das reclamações do time rubro-negro, o rival balançou as redes e empatou o clássico aos 47 minutos do segundo tempo.

Quanto a outro lance que chamou a atenção na partida, em que Luis Fabiano foi expulso, a Ferj considerou correta a ação da arbitragem. "O cartão vermelho foi muito bem aplicado", afirmou Sérgio Santos. Luis Fabiano levou o cartão vermelho ao dar uma "barrigada" no juiz, quando reclamava de marcação anterior. O árbitro de desequilibrou e até deu uns passos para trás antes de exibir o cartão ao atacante do Vasco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.