Fernandão é arma do Goiás no reencontro com o Inter

Fernandão virou um dos grandes ídolos da história do Internacional, ao comandar as conquistas da Libertadores e do Mundial em 2006. Depois, foi jogar no Catar e hoje está no Goiás. Assim, ele reencontra o clube gaúcho neste domingo, quando acontece o jogo a partir das 18h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

RUBENS SANTOS, Agencia Estado

30 de agosto de 2009 | 08h06

Como voltou recentemente ao Goiás, clube onde começou a carreira, Fernandão não deve começar como titular neste domingo. Mas já avisou que não vê problemas em marcar gols no Internacional. Ele, inclusive, espera ser bem recebido pela torcida do time gaúcho no Beira-Rio.

Com Fernandão como arma, o Goiás espera desbancar o time gaúcho, um rival direto na luta pelo título do Brasileirão. A equipe goiana, inclusive, pode até assumir a liderança do campeonato nesta 22ª rodada - afinal, está em segundo lugar, apenas dois pontos atrás do líder Palmeiras, que também joga neste domingo.

Para a partida, porém, o técnico Hélio dos Anjos terá o importante desfalque do zagueiro Rafael Tolói, que cumpre suspensão e será substituído por Walmir Lucas. Já o volante Amaral não joga por causa da contusão na perna esquerda - Everton e Fernando disputam a vaga dele.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.