Fernandão faz acordo com diretoria e deixa São Paulo

A diretoria do São Paulo confirmou nesta terça-feira a saída de Fernandão. De acordo com o clube do Morumbi, o empresário do atacante, o ex-jogador Paulo Roberto, se reuniu com os dirigentes na noite de segunda-feira para discutir a rescisão amigável do contrato, que era a intenção de Fernandão, que vinha tendo pouco espaço na equipe com o técnico Paulo César Carpegiani.

AE, Agência Estado

10 de maio de 2011 | 12h13

Assim, Fernandão acertou a sua saída do São Paulo, nem irá participar do treino desta terça-feira e está liberado para negociar a sua transferência para outro clube. O atacante defendeu o time por um ano, com 39 partidas disputadas e oito gol marcados. Em 2011, ele participou de nove jogos, sendo apenas dois como titular e não fez gols.

"Lamento a saída. O clube me acolheu muito bem e fico triste por não ter conquistado títulos. Mas neste momento é a melhor decisão a ser tomada. Mesmo de fora, estarei torcendo pelo São Paulo na Copa do Brasil", afirmou Fernandão, que teve um excelente início no São Paulo, principalmente na Libertadores de 2010, mas depois perdeu espaço no clube.

Sem Fernandão, o São Paulo passa a ter Dagoberto, Fernandinho, Henrique, Willian José e Luis Fabiano como opções do seu elenco para o ataque. Recentemente, o Palmeiras revelou interesse na contratação de Fernandão, assim como o Figueirense. Agora sem contrato, ele deverá acelerar as negociações para acertar com um novo clube para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.