Wander Roberto/Divulgação - 28/10/2010
Wander Roberto/Divulgação - 28/10/2010

Fernandão se diz pronto para ser meia no São Paulo

Jogador deve atuar novamente mais recuado diante do Cruzeiro, nesta quarta, em Uberlândia

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 08h33

O técnico Paulo César Carpegiani prometeu e o atacante Fernandão deverá ser titular do São Paulo diante do Cruzeiro, na quarta-feira, em Uberlândia, pelo Campeonato Brasileiro. Após a vitória na última quinta, diante do Atlético-PR, o treinador havia elogiado o jogador, que atuou como meia, e afirmou que encontraria um lugar para ele no time. Diante da equipe mineira, ele deve jogar novamente mais recuado.

"Já joguei bastante ali por aquele setor. Fiz bastante isso na época da França. Não digo que nem é questão de adaptação, mas sim pelo fato de ter sido há algum tempo. Mas já sei como é a formação tática e, para mim, não é nenhuma surpresa. Contra o Atlético-PR, o time teve uma postura defensiva mais agressiva e isso ajudou muito", analisou Fernandão.

Quando chegou ao São Paulo, Carpegiani não podia contar com Fernandão, que estava machucado. Com isso, montou uma equipe veloz, com Fernandinho, Lucas e Dagoberto encostando em Ricardo Oliveira. No entanto, o próprio treinador alertou que o time fica pouco com a posse de bola, o que mudaria com a entrada de Fernandão.

"Fico feliz com os elogios, pois a gente sempre espera que o treinador te veja com bons olhos. Ele chegou e eu estava lesionado. Aí, teve uma formação que deu certo e tinha de manter mesmo. É como eu sempre falo. Mesmo sendo titular ou não, aqui no São Paulo temos de ter o espírito de ajudar o grupo. Trabalhei forte e sempre aguardando uma oportunidade. E ela apareceu", afirmou Fernandão.

Para a partida diante do Cruzeiro, Lucas voltará de suspensão. Outro que estará à disposição é Fernandinho, recuperado de dores na coxa. No entanto, ele deve ser preterido por Carpegiani para a entrada de Fernandão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.