Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Fernandinho é a arma do São Paulo contra o Rio Branco

Depois de quatro gols na estreia, atacante planeja deixar sua marca no Morumbi, pelo Paulistão

Fábio Hecico, Agencia Estado

14 de março de 2010 | 08h02

Definir o companheiro de Washington no ataque é uma das poucas dúvidas de Ricardo Gomes no São Paulo. Neste domingo, às 17 horas, diante do Rio Branco, no Morumbi, numa escalação recheada de reservas, Fernandinho tentará provar que pode ser um dos escolhidos do treinador para o time ideal.

Quase no ápice da forma física, o atacante entrará em campo pela primeira vez no Morumbi disposto a brilhar como na estreia - fez quatro gols - e a começar a escrever seu nome na história do clube do coração como sonha desde a infância pobre nas ruas da pequena Ameixas, no interior de Pernambuco. "Sou de Ameixas, mas não tenho nada a ver com fruta", brincou o jogador.

Antes de chegar ao clube tricolor, Fernandinho flertou com o Corinthians e ainda foi à Europa verificar a estrutura de alguns clubes que tinham interesse em seu futebol. Ao receber a proposta do São Paulo, não teve dúvidas: fechou na hora.

Na última quinta-feira, ele entrou no segundo tempo e deu o passe para o segundo gol de Washington contra o Nacional, em Assunção. Para seguir com a parceria, promete superação. "Estou cada vez melhor fisicamente e farei tudo para repetir, diante do Rio Branco, a boa atuação da estreia. Sei que fazer quatro gols é complicado, mas vou correr bastante para retribuir a confiança e a grande recepção que tive no São Paulo", prometeu. "E para ficar mais tranquilo, tenho de fazer pelo menos um gol. Pois ele trará alguns privilégios".

 SÃO PAULO

 

 RIO BRANCO

 

 Rogério Ceni; Renato Silva, Xandão, André Luís e Jorge Wagner; Carlinhos Paraíba, Cléber Santana, Léo Lima e Marlos, Fernandinho e Henrique.

Técnico: Ricardo Gomes.

 Cristiano; Fábio Baiano, Airton, Kléber e Maurim; Carioca, Éverton, César e Romário; Felipe e Jobinho.

Técnico: Giba. 

 Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho; Início: 17h (de Brasília); TV: Pay-per-view; Local: Estádio Morumbi, em São Paulo (BRA)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.