Rubens Chiri / saopaulofc.net 
Rubens Chiri / saopaulofc.net 

Fernando Diniz esboça São Paulo em coletivo e faz trabalho de finalizações

Igor Gomes pode ganhar chance entre os titulares no lugar de Hernanes

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2020 | 19h32

Sob forte calor no CT da Barra Funda, o técnico Fernando Diniz comandou um treinamento coletivo que encaminhou o time do São Paulo para enfrentar o Oeste, neste sábado, às 16h30, na Arena Barueri, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

A atividade foi fechada, mas o treinador fez um trabalho tático bastante detalhado, parando diversas vezes para orientar os jogadores e simular situações de jogo. A saída de bola da equipe também recebeu atenção de Diniz.

O treinador ainda realizou um trabalho de finalizações em dois momentos do treino. No começo e no final, quando os jogadores realizaram chutes frontais. A produção ofensiva tem sido um grande problema. Apesar de criar muitas situações, o time tem feito poucos gols. Foram apenas seis em seis jogos.

Fernando Diniz ainda tem duas dúvidas para o jogo contra o Oeste, no sábado. Igor Gomes pode ganhar uma chance como titular. Neste caso, Hernanes pode ir para o banco. Coincidentemente, o treinador conversou com o jogador individualmente nesta quinta-feira.

A outra é em relação ao aproveitamento de Antony. O atacante ainda depende da assinatura do contrato com o Ajax para o São Paulo fechar um seguro para garanti-lo em campo até sua apresentação aos holandeses no meio do ano. A tendência é que ele seja novamente desfalque, assim como no clássico com o Corinthians.

A provável equipe é: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê; Daniel Alves e Igor Gomes (Hernanes); Pablo (Antony), Pato e Vitor Bueno.

O São Paulo soma nove pontos e está na terceira colocação do Grupo C do Campeonato Paulista, atrás de Inter de Limeira e Mirassol, primeiro e segundo, respectivamente, com a mesma pontuação da equipe de Fernando Diniz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.