Fernando Diniz será curinga no Santos

Elano foi o curinga quando o técnico Leão dirigiu o Santos e agora Oswaldo de Oliveira já dá mostras que terá outro jogador com essa mesma característica. É Fernando Diniz, que recebeu elogios do novo técnico: "é um jogador com muitas qualidades, que consegue ser bom no ataque e na defesa e pode ser utilizado em várias posições numa partida", disse. E completou: "O Fernando é um fator muito importante, é representativo para o grupo e bastante experiente". Nesta sexta, o jogador concedeu sua primeira entrevista no CT Rei Pelé e mostrava disposição em vencer no Santos. Ele revelou que tem bom coleguismo e boa relação com parte do elenco do Santos, mesmo jogando contra. "Além disso, joguei com vários jogadores do elenco e no primeiro instante que entrei no vestiário, me senti praticamente em casa". Ele reencontrou no CT Rei Pelé velhos amigos, como Zé Elias (os dois começaram juntos no futebol de salão), com Fabinho, Antônio Carlos ("amizades longas"), Fábio Baiano e Tcheco. Fernando Diniz entende que o tipo de conduta de Oswaldo de Oliveira, com quem já havia trabalhado anteriormente no Corinthians, Fluminense e Flamengo, facilita muito esse trabalho de adaptação a um novo grupo. Fernando Diniz considera importantes os dois campeonatos que vai disputar pelo Santos no primeiro semestre, mas não esconde sua preferência pelo torneio continental. "Pela dimensão das duas competições, a Libertadores está no imaginário de qualquer um, o Santos tem elenco e condições de disputar todos os títulos, mas com certeza a Libertadores é o sonho de todos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.