Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Fernando Diniz sobre Cavani no São Paulo: 'Às vezes, acontece'

Especulação começou após Lugano dar entrevista dizendo que poderia levar o atacante uruguaio para o clube paulista

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2020 | 10h28

Fernando Diniz, treinador do São Paulo, disse ser favorável a contratação de Cavani, mas sabe que é uma negociação muito difícil. De acordo com o técnico, não há equipe que rejeite a chegada de um jogador do nível do uruguaio, que ainda está em pleno auge.

“Sempre tem (espaço) para um jogador desse nível, praticamente no auge da carreira, jogando bem constantemente. Qualquer um gostaria de ter o Cavani no time”, afirmou Diniz, em entrevista à TV Gazeta, no domingo. “Sempre existe a possibilidade. Não sei se o São Paulo vai trazer ou não, a engenharia financeira é sempre difícil, mas às vezes as coisas acontecem. Se ele pudesse vir, é claro que ficaríamos muito felizes", completou.

O técnico utilizou como exemplo a contratação de Daniel Alves, para reforçar que uma possível vinda de Cavani ao  São Paulo não está fora da realidade. Segundo Diniz, mesmo com mercado na Europa, é possível que o atacante queira jogar no Brasil.

“Não existe utopia do Cavani no São Paulo. Os clubes brasileiros já reuniram condições para trazer grandes jogadores para o futebol brasileiro. Quem imaginaria que o Ronaldo Fenômeno jogaria no Corinthians ou o Daniel Alves no São Paulo. O Daniel tem mercado na Europa até hoje”, explicou.

Cavani passou a ser especulado no clube do Morumbi, após Diego Lugano, diretor de futebol da equipe, afirmar que o centroavante do Paris Saint-Germain defenderia a camisa do tricolor paulista num possível retorno ao seu continente. O atacante perdeu espaço entre os titulares da equipe parisiense após a chegada de Mauro Icardi. Somadas as competições disputadas na temporada 2019/20, Cavani balançou as redes sete vezes, em 22 partidas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.