Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Fernando Diniz terá três reforços no São Paulo para o clássico contra Corinthians

Retornos de Bruno Alves, Antony e Igor Gomes deixam o clube mais confiante para se preparar para o clássico

Redação, Estadão Conteúdo

10 de fevereiro de 2020 | 08h08

O São Paulo não terá tempo para ficar remoendo o resultado negativo de 2 a 1 contra o Santo André, no domingo, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Paulista. No próximo sábado, às 19 horas, a equipe volta ao estádio do Morumbi para o seu segundo clássico na temporada: contra o Corinthians.

Para o confronto, o técnico Fernando Diniz terá três reforços em relação ao time utilizado no ABC paulista. Na defesa, Bruno Alves acabou sendo poupado após sofrer uma pancada no final da partida contra o Novorizontino. "Se fosse um jogo decisivo ele teria jogador hoje (domingo)", garantiu o treinador.

Já no ataque, Antony e Igor Gomes voltam a ficar à disposição. A dupla estava com a seleção brasileira sub-23, na disputa do Pré-Olímpico, na Colômbia. O técnico não adiantou, no entanto, se eles voltarem já no time titular ou se serão opção no banco de reservas. "Aproveitados eles vão ser. A gente não sabe as condições que eles vão chegar, mas é bom contar com eles de volta".

Dos dois atletas, quem está com melhor ritmo de jogo é Antony. Ele foi titular e uma das referências da equipe do técnico André Jardine na competição.

SEMANA CHEIA

Fernando Diniz negou que o São Paulo pode ter uma vantagem no clássico por ter a semana livre para preparar a sua equipe. Nesta quarta-feira, o Corinthians fará um duelo decisivo contra o Guaraní, do Paraguai, em casa, pela Copa Libertadores. "Em clássico todo mundo se supera. O Corinthians vai ter três dias para recuperar. É melhor ter a semana cheia para trabalhar, mas esse é o menor dos fatores para a disputa do clássico", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.