Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Fernando Miguel exalta '1ª folga no ano' e celebra invencibilidade do Vasco

Goleiro conta que aproveitou os dias sem treinamento para relaxar e curtir a boa fase

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2019 | 20h35

Com um calendário cheio desde o início da temporada, o elenco do Vasco viveu uma situação rara no domingo e na segunda-feira: dois dias de folga. De volta ao trabalho nesta terça, o goleiro Fernando Miguel celebrou o tempo que teve ao lado de sua família, mas garantiu que não se incomoda de trabalhar diariamente no clube cruzmaltino.

"Foi a primeira folga que a gente teve esse ano. Não havíamos tido nenhum dia de folga ainda, mas também não reclamamos. Eu gosto do que faço, tenho prazer de estar aqui, treinar, concentrar. Vivo com muita intensidade tudo isso. Mas também, quando estou em casa, vivo com intensidade minha família. Gosto de ser o pai das minhas filhas. Procurei aproveitar para desligar um pouco e dar atenção para elas, brincando, colocando para dormir, levando na escola. Retorno ainda mais motivado", declarou.

Os dias de folga acabaram sendo um prêmio para um time que vem se destacando neste começo de ano. Afinal, o Vasco conquistou a Taça Guanabara com 100% de aproveitamento e mantém a invencibilidade em 2019 até o momento.

"Isso é ótimo. Não perder é ótimo. A equipe tem se mostrado muito segura. Prefiro assim, evoluir vencendo. Ninguém está sentando em cima de invencibilidade e queremos sempre melhorar", comentou Fernando Miguel.

Sem partidas a disputar neste meio de semana, o Vasco coloca a invencibilidade em jogo mais uma vez no sábado, quando recebe o Boavista pela Taça Rio, em São Januário. "Jogamos em uma equipe grande e temos a consciência de que o torcedor estará sempre junto com a gente, independente do local que for realizada a partida. Tenho certeza que no sábado não será diferente", apontou o goleiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFernando MiguelVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.