Toshifumi Kitamura/AFP
Toshifumi Kitamura/AFP

Fernando Torres é apresentado em Tóquio pelo Sagan Tosu

O atacante assinou um contrato de um ano e meio, com a opção de ampliá-lo por mais um ano

EFE

15 Julho 2018 | 04h47

TÓQUIO - O atacante espanhol Fernando Torres foi apresentado neste domingo, 15, em Tóquio como novo jogador do Sagan Tosu, equipe à qual chega após "ter a ideia de jogar no Japão na cabeça há muito tempo", segundo disse.

Torres posou com sua nova camisa, na qual também levará seu habitual número "9", em um evento realizado na capital japonesa para os veículos de imprensa do país asiático.

"Foi uma viagem longa mas estou encantado de estar aqui", disse Torres após iniciar seu pronunciamento cumprimentando os presentes em japonês e poucas horas depois de chegar a Tóquio.

"Sempre tive mostras de carinho do povo japonês, e vir jogar aqui era algo que tinha na cabeça há muito tempo", disse Torres, explicando que lhe marcou a experiência de disputar uma partida com o Atlético de Madri durante a pré-temporada de 2015 no estádio do qual será seu novo clube.

Torres, que assinou por um ano e meio, até dezembro de 2019, com a opção de ampliá-lo por mais um, afirmou que seu objetivo a curto prazo é "tirar a equipe da situação na qual se encontra", pois ela está na zona de rebaixamento da J-League.

+++ Fernando Torres brilha e marca duas vezes em sua despedida do Atlético de Madrid

"Para mim é um desafio futebolístico, mas também cultural", afirmou Torres, explicando que embora tenha recebido "propostas de muitos lugares diferentes", se decidiu pelo Sagan Tosu por ser "uma das primeiras equipes que mostraram interesse" e porque tanto ele como sua família pensaram que o Japão era "o melhor destino".

O jogador espanhol chega ao Japão após anunciar sua saída do Atlético de Madri em abril passado, e segue assim os passos de seu companheiro na seleção Andrés Iniesta, recentemente apresentado pelo Vissel Kobe.

O seu novo clube fica em uma pequena cidade do sudoeste do Japão e tem apenas 21 anos de história, dos quais jogou a maior parte na segunda divisão.

Torres, de 34 anos, deve ser o centro de um time com o qual espera estrear no dia 22 de julho, em partida em casa contra o Vegalta Sendai.

Treinado pelo italiano Massimo Ficcadenti, ex-técnico de vários clubes nesse país, a equipe contava até agora com o atacante colombiano Víctor Ibarbo como jogador de mais destaque. /EFE

Mais conteúdo sobre:
futebol Fernando Torres Sagan Tosu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.