Fernando Torres: é preciso mostrar respeito pela Itália e Brasil

RUSTENBURG, África do Sul - O atacante Fernando Torres, autor de três gols na vitória da Espanha sobre a Nova Zelândia por 5 a 0, disse que sua equipe é favorita na Copa das Confederações, mas não descartou Brasil e Itália. "Somos favoritos no papel, mas é preciso mostrar muito respeito pela Itália e Brasil, seleções que ganharam muito mais que nós", comentou o jogador do Liverpool após a partida deste domingo, disputada no estádio Royal Bakofeng, de Rustenburg.

EFE

14 de junho de 2009 | 19h15

Veja também:

link Espanha brilha e goleia Nova Zelândia por 5 a 0 na estreia

Torres também comemorou o fato de entrar para a história da seleção espanhola como jogador a balançar as redes três vezes mais rápido. "É um motivo de orgulho para mim. Enquanto isso ajudar a equipe a vencer e dê confiança aos jogadores, melhor será", disse.

O atacante disse que a Espanha merece atenção, pois é uma equipe "difícil de parar", como demonstrado diante de um rival mais fraco neste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.