Ferraz recua e Angione ganha vez no Fla

A demissão do supervisor de Futebol do Flamengo, Paulo Angione, está nas mãos do presidente do clube, Hélio Ferraz. O dirigente voltou atrás na decisão porque queria dar prioridade ao jogo entre o Rubro-Negro e o Juventude. Até as 19h desta quinta-feira, Ferraz não havia se pronunciado sobre o assunto.A confusão começou quando, no início desta semana, Angione teria dito que o Flamengo não teria condições de vencer o Campeonato Brasileiro. O dirigente afirmou que fora mal-interpretado e alegou estar tranqüilo.Ele deve, inclusive, viajar com a delegação para Minas Gerais onde o Rubro-Negro enfrenta o Atlético-MG, no domingo.

Agencia Estado,

10 de julho de 2003 | 19h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.