Divulgação
Divulgação

Ferroviária vence e volta à elite paulista após 19 anos

Equipe bate o Guaratinguetá e se garante na A1 do Paulistão

Estadão Conteúdo

18 de abril de 2015 | 17h33

Depois de 19 anos, a Ferroviária está de volta à elite do Campeonato Paulista. Na tarde deste sábado, o time de Araraquara acabou com o sofrimento de quase duas décadas ao derrotar o lanterna Guaratinguetá por 1 a 0, no Estádio Dario Rodrigues Leite, no Vale do Paraíba, e garantir matematicamente o acesso. Tiago Adan, revelado pelo Atlético-PR, foi o herói da partida.

A Ferroviária chegou aos 40 pontos, com 13 vitórias em 17 jogos. Restando duas partidas para o final da competição, o time de Araraquara não pode mais ser ultrapassado pelos times que estão fora do G4 da Série A2.

A última participação da Ferroviária em Paulistão ocorreu em 1996, encerrando a sequência de 30 anos seguidos na elite. Passando por graves problemas financeiros, o time terminou o torneio em último lugar com apenas uma vitória em 30 jogos.

O time disputava a segunda divisão do Campeonato Paulista há quatro temporadas. Em 2012, o clube chegou a disputar o quadrangular final pelo acesso, mas terminou com a pior campanha do grupo e ficou pelo caminho.

MUDANÇA NA ESTRUTURA

Ela ficou mais de dez anos nas divisões inferiores e chegou a disputar a B1 - quarta divisão paulista - em 2000 e 2003. A equipe só conseguiu se reestruturar depois da mudança da estrutura do clube. Em 2003, a Ferroviária passou a ser um clube empresa, com apoio da prefeitura de Araraquara e de empresas da região.

No processo de modernização de seu futebol, a Ferroviária conseguiu reformar a Fonte Luminosa, um dos estádios mais charmosos do futebol paulista. Personagem principal nesta transformação foi o então prefeito Edinho Silva, atual Ministro de Comunicação. Ele foi nomeado há duas semanas.

O clube ainda tem grandes chances de acabar com o título da Série A2. Com mais uma vitória, a Ferroviária garante o título e encerra um jejum de quase dez anos sem levantar uma taça. Em 2006, a Ferroviária conquistou a Copa Paulista depois de 40 anos na seca. A última conquista havia sido a Série A2 em 1966.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.