Ferrugem é a novidade no Atlético-MG

O Atlético-MG encara o Bahia, neste sábado, às 16h, na Fonte Nova, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro, sem o seu "ponto de equilíbrio". Considerado peça fundamental no esquema de Celso Roth, o volante Hélcio, de 33 anos, teve uma fratura exposta no braço esquerdo, sofrida no início do segundo tempo da partida contra o Guarani, na última quarta-feira, e deve ficar fora dos gramadas por, no mínimo, três meses. Apesar do desfalque importante, o treinador e os jogadores do Galo esperam manter a boa campanha no Brasileiro obtida, principalmente, com as vitórias nos jogos fora de casa.Há quatro meses no Atlético e sem oportunidades para mostrar seu melhor futebol o volante Ferrugem, de 22 anos, terá a responsabilidade de substituir Hélcio. Pela segunda vez na temporada, ele terá a oportunidade de se firmar no time, já que começou o ano como titular, deixou a equipe por causa de contusão e agora é novamente confirmado pelo técnico Roth que leva o Galo à Fonte Nova com o esquema 4-4-2, mantido desde sua chegada ao time, no início da temporada.Outra novidade no time está no banco de reservas. O volante Marcelo Silva, ex-Santos e que começou o ano no Bahia, foi relacionado pela primeira vez pelo treinador. Os demais reforços do Galo para o Brasileiro, o atacante Fábio Júnior, ex-Cruzeiro e Palmeiras, e o zagueiro Luiz Alberto, ex-Flamengo e Internacional, só devem ganhar condição de jogo, para a partida contra o Coritiba, no próximo final de semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.