Festa apenas para Etti e São Bento

Enquanto alguns clube do interior paulista sofrem com a falta de recursos, outros fazem festa pela conquista do acesso. O Campeonato Paulista das Séries A2 e A3 tem sua última rodada neste sábado, às 15 horas, mas duas cidades já programaram com antecipação suas comemorações. São elas Jundiaí, por causa do acesso para a primeira divisão do Etti e Sorocaba, onde o São Bento subiu para a segunda divisão.Em Jundiaí, cidade industrial que fica a 45 quilômetros de São Paulo e com população de aproximadamente 400 mil habitantes, a torcida do Etti promete uma grande festa para este sábado, quando o time enfrenta o Paraguaçuense, e precisa de apenas um ponto para confirmar o título da competição. Os 15 mil ingressos colocados a venda para a partida já estão esgotados. Para evitar tumultos com os torcedores, a direção do clube autorizou a transmissão, ao vivo, pela TV Educativa de Jundiaí (Canal 6) que cobre toda a cidade e região.Será a premiação do trabalho de três anos da empresa Parmalat, que transformou o time jundiaiense em seu único representante no futebol brasileiro. Após a partida, os torcedores prometem fechar a Avenida 9 de julho para comemorar o título e o acesso para a primeira divisão. Um carro do Corpo de Bombeiros está preparado para os jogadores no "desfile dos campeões".Mesmo se perder para o Paraguaçuense pode conquistar o título, desde que o Santo André não vença o Ituano por oito gols de diferença. O técnico Giba não acredita nisso e já comemora o título. "Considero o Etti campeão. O Santo André não vai fazer oito gols no Ituano, pois é um confronto direto, de duas equipes que lutam pela vaga", explica o ex-treinador do Santos.Festa dupla - Em Sorocaba, também uma cidade industrial e com cerca de 500 mil habitantes e distante 97 quilômetros de São Paulo, a festa também será mostrada, ao vivo, mas pela Rede Vida, a partir das 11 horas. O São Bento recepciona o União Mogi, pela Série A-3 e o time de Sorocaba só precisa de um ponto para conquistar o título.Durante o jogo, a diretoria do clube vai levar vários jogadores do passado para acompanharem a festa do acesso e possivelmente a do título. São eles: Bazaninho, Cabralzinho, Raimundinho, Picolé, Paraná e Julião, todos estes ex-jogadores, que levaram o Azulão, como é chamado, para primeira divisão em 1962, quando o São Bento calou o Moisés Lucarelli, ao vencer a Ponte Preta, por 2 a 1, estarão emocionando os fanáticos sorocabanos. A presença de Tupãzinho não foi confirmada. A cidade ainda pode fazer uma festa dupla, já que o Atlético Sorocaba pode conquistar a outra vaga. O Atlético precisa vencer o Garça e torcer para um tropeço do Flamengo de Guarulhos diante do Noroeste, em Bauru.

Agencia Estado,

29 de junho de 2001 | 13h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.