Ricardo Moraes/ Reuters
Ricardo Moraes/ Reuters

Festa da chegada do Flamengo será no centro do Rio de Janeiro

Haverá desfile em carro aberto do Corpo de Bombeiros e trio elétrico

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2019 | 19h12

Em vez do Maracanã, carnaval nas ruas do Rio de Janeiro. Será assim que a torcida do Flamengo irá festejar seu time no domingo, após o Fla vencer de virada o River Plate por 2 a 1, neste sábado, em Lima, na decisão da Copa Libertadores

Após dois encontros que reuniram representantes de órgãos de segurança, prefeitura do Rio e transporte público, ficou definido que a festa irá tomar a Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio. Haverá desfile em carro aberto – o Flamengo solicitou ao Corpo de Bombeiros – e trio elétrico.

A delegação flamenguista tem previsão de chegada ao Rio para às 9h20 de domingo. Os jogadores desembarcarão no aeroporto do Galeão e, no caso de conquista do título, serão levados ao Centro em um ônibus com escolta. Mas cenas de milhares de torcedores cercando o veículo, como aconteceu na quarta-feira, no embarque à Lima, não deverão se repetir.

“No entorno do aeroporto do Galeão teremos um esforço operacional muito grande para garantir que o ônibus saia do terminal de embarque com escolta da Polícia Militar e chegue até o Centro da cidade”, disse nesta sexta-feira o porta-voz da PM, coronel Mauro Fliess. “Não iremos permitir nenhuma interrupção de via no entorno do aeroporto internacional.”

A escolta será feitas por homens do Batalhão de Polícia de Choque e do Recom (Rondas Especiais e Controle de Multidões). Segundo a PM, há quatro trajetos possíveis entre o aeroporto e o Centro e a escolha será feita de acordo com informações da área de inteligência, que observará condições de tráfego e de segurança.

O coronel recomendou que a torcida se dirija diretamente ao Centro. “O local do grande festejo será na Avenida Presidente Vargas, no Centro da cidade, entre a (Igreja) Candelária e a estátua do Zumbi dos Palmares”, comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.