Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Fevereiro vira trunfo para Palmeiras recuperar Goulart e treinar mais

Mês terá menos compromissos para a equipe, que só tem mais três jogos antes de março

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

05 Fevereiro 2019 | 11h00

O Palmeiras tem uma vantagem pela frente neste mês em comparação aos principais rivais do futebol paulista. A equipe é a única entre os quatro grandes de São Paulo a ter o mês inteiro com o calendário exclusivamente dedicado à disputa do Campeonato Paulista. O time do técnico Luiz Felipe Scolari só terá mais três partidas antes de março e semanas cheias para descansar e trabalhar com o elenco.

Fevereiro também vai valer para a comissão técnica recuperar e observar Ricardo Goulart. O atacante está em fase final de recuperação de cirurgia no joelho direito. A evolução dele tem surpreendido. É possível que o jogador esteja liberado para atuar ainda neste mês. O prazo final para inscrever atletas no Campeonato Paulista é dia 1º de março.

Como o Palmeiras está classificado diretamente para a fase de grupos da Copa Libertadores, entrará na Copa do Brasil apenas nas oitavas de final e não está na disputa da Copa Sul-Americana, o clube terá um calendário mais tranquilo em fevereiro. Depois de ter perdido para o Corinthians, no sábado, a equipe jogará contra o Bragantino, na segunda-feira, depois tem pela frente a Ferroviária, no dia 17, fora de casa, e fecha o mês no dia 23, no Allianz Parque, diante do Santos.

O algoz do clássico de sábado, o Corinthians, terá mais seis compromissos até o fim do mês, incluindo decisões na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, além do Estadual. O Santos também entrará em campo seis vezes, pelas mesmas competições. O São Paulo, por sua vez, poderá ter sete partidas em fevereiro. O clube do Morumbi chegará a esse número se passar pelo Talleres, da Argentina, e ter de disputar a segunda fase eliminatória da Copa Libertadores.

No começo desta temporada o Palmeiras não teve tempo para treinar depois de ter estreado no Campeonato Paulista. O time jogou às quartas e aos domingos seguidamente, rotina considerada ruim pelos técnicos. Quem está no comando das equipes prefere ter compromissos somente no fim da semana, para conseguir recuperar jogadores e testar variações táticas voltadas ao próximo adversário.

A agenda mais tranquila serve para se preparar para o próximo mês. Em março o Palmeiras inicia a disputa da fase de grupos da Copa Libertadores, assim como deve ter as quartas de final do Campeonato Paulista. O cenário indica a realização de nove partidas do clube, incluindo os três primeiros compromissos da competição continental. A estreia, vale lembrar, será dia 6, na Colômbia, contra o Junior Barranquilla.

Jogos em fevereiro

11/02: Palmeiras x Bragantino

17/02: Ferroviária x Palmeiras

23/02: Palmeiras x Santos

Jogos em março

1 ou 2/03: Palmeiras x Ituano

6/03: Atlético Junior x Palmeiras

9 ou 10/03: Mirassol x Palmeiras

12/03: Palmeiras x Time classificado da pré-Libertadores

16 ou 17/02: São Paulo x Palmeiras

20/03: Palmeiras x Ponte Preta

23/03: Ida das quartas de final do Paulista

26/03: San Lorenzo x Palmeiras

30 ou 31/03: Volta das quartas de final do Paulista

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.