Feyenoord perde recurso e segue fora da Copa da Uefa

Banido por causa da violência do seus torcedores, o Feyenoord, da Holanda, teve seu pedido negado para ser reintegrado na disputa da Copa da Uefa da temporada 2006/07 do futebol europeu. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Arbitragem Esportiva de Lausanne, na Suíça. A equipe foi expulsa do torneio em janeiro por causa de incidentes no jogo com o Nancy, realizado no dia 30 de novembro.Além de ser proibido de jogar as fases finais da segunda competição de clubes mais importante do continente, o Feyenoord, que conta com o brasileiro André Bahia (ex-Atlético Paranaense e Flamengo), foi multado em US$ 165 mil (cerca de R$ 346 mil) para ressarcir a equipe francesa pelos danos causados pelo seus fãs no Estádio Marcel Picot.O Feyenoord enfrentaria o Tottenham Hotspur, da Inglaterra, pela terceira fase da Copa da Uefa, nos dias 15 e 22 de fevereiro, mas acabou perdendo o direito de tentar uma vaga nas oitavas-de-final. Com isso, o Tottenham já está classificado à quartas-de-final sem precisar entrar em campo.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2007 | 10h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.