José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Fiador de Wesley entra na Justiça e irrita diretoria do Palmeiras

Empresa cobra valores referentes a transação do volante, que pode ser negociado

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2014 | 04h56

SÃO PAULO - Depois de Henrique, o Palmeiras corre o risco de perder mais um jogador por causa de dívidas antigas. O volante Wesley pode ser negociado após o fiador que participou de sua contratação, ter entrado na Justiça contra o clube.

A empresa fiadora Angeloni & Cia deu uma carta de crédito ao Palmeiras para contratar o jogador em junho de 2012 no valor de R$ 15 milhões, que seriam pagos ao clube alemão em três parcelas anuais de R$ 5 milhões. Ou seja, caso o clube não pagasse o valor ao Werder Bremen, clube que tinha os direitos econômicos do jogador, a empresa seria a responsável por honrar a dívida.

E foi justamente o que aconteceu. O clube não pagou a dívida, a empresa teve que arcar com os custos, e por isso resolveu acionar o Palmeiras na Justiça. Por isso, a cota de TV do Campeonato Paulista foi bloqueada e a postura irritou a diretoria, embora não tenha sido diretamente o jogador o responsável pela ação. 

 

Assim, o presidente Paulo Nobre se mostra disposto a negociar com qualquer clube interessado. Além dessa questão jurídica, Wesley tem contrato até abril do ano que vem e em outubro já pode assinar um pré-contrato com outra agremiação. O que pode atrapalhar é que a janela de transferências do mercado europeu fecha no dia 31 deste mês, então dificilmente o jogador vai sair para a Europa. 

 

A diretoria não pretende se pronunciar sobre o caso, até para não desvalorizar o jogador, exatamente como aconteceu com Henrique.  Em agosto do ano passado, Wesley chegou a negociar com o Atlético-MG, mas resolveu ficar. Um dos fatores que evitou a transferência foi justamente a dívida do Palmeiras com a empresa.

 

Wesley continua com o grupo normalmente e enquanto não chegar uma proposta oficial, ele permanece no grupo normalmente e deve enfrentar o Penapolense, nesta quinta-feira, no Pacaembu.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.