JF Diório/Estadão
JF Diório/Estadão

'Ficha demorou a cair', diz Osvaldo após ser convocado pela primeira vez

Atacante foi chamado para substituir Lucas, do PSG, nos amistosos da seleção brasileira

AE, Agência Estado

13 de março de 2013 | 20h21

SÃO PAULO - No fim de 2011, Osvaldo, então atacante do Ceará, viu Luiz Felipe Scolari fechar as portas para ele no Palmeiras, alegando que o jogador sentiria a pressão de defender um grande clube. Quinze meses depois, Osvaldo já provou, com a camisa do São Paulo, que tem futebol para jogar em alto nível. Tanto que foi convocado nesta quarta-feira para defender a seleção brasileira pela primeira vez.

O jogador de 25 anos foi chamado para o lugar do seu antigo companheiro de ataque no São Paulo, Lucas, que está com uma lesão no tornozelo. E a convocação de Osvaldo vem exatamente no momento em que ele substitui o agora jogador do PSG como grande nome ofensivo da equipe tricolor.

"Não dá pra dizer o quanto estou feliz. Demorou um pouco pra ficha cair", contou Osvaldo, que logo recebeu a homenagem dos companheiros durante treino na Argentina. "Fiquei meio quieto quando soube da notícia, mas antes de o treino começar o Ney Franco avisou a todos. Imediatamente eles começaram a cantar ''toca no Osvaldo que é gol'', uma música que a torcida canta no estádio, e vieram me abraçar. Todos ficaram felizes com a minha convocação e isso me emociona muito."

Como não poderia ser diferente, Osvaldo, cearense formado nas categorias de base do Fortaleza e que jogou na Arábia Saudita e em Portugal antes de se destacar pelo Ceará, diz estar realizando um sonho ao chegar à seleção

"Fiquei muito feliz e me emocionei, todo jogador profissional trabalha pra um dia chegar ao nível de seleção brasileira e, graças a Deus, com muito trabalho e dedicação, consegui atravessar mais uma etapa e chegar à seleção. Espero representar bem o São Paulo lá na seleção", completou Osvaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.