Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

'Fico feliz por ter ganhado deles', diz Lucas Lima após vitória sobre o Santos

Meia do Palmeiras leva a melhor no reencontro com sua ex-equipe

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2018 | 20h46

A vitória do Palmeiras sobre o Santos, neste domingo, no Allianz Parque, marcou o reencontro de Lucas Lima com o Santos em seu primeiro clássico pelo Palmeiras. E ele reeditou suas belas atuações da época da Vila. Sua participação foi efetiva. Cobrou o escanteio que resultou no primeiro gol e bateu falta que acertou a trave. Além disso, ele conduziu o Palmeiras como se vestisse a camisa 10 há anos. 

+ 'Passamos com propriedade', diz Roger Machado após vitória no clássico

+ Robson Morelli - Palmeiras ganha clássico e começa a convencer sua torcida 

Na saída de campo, Lucas Lima jurou amor ao Palmeiras. "É meio estranho, mas é gostoso. Meu coração é verde. E quando entrei aqui me deu mais motivação ainda. Jogamos de casa cheia. Tomamos um gol e dificultou um pouco mais, mas fomos merecedores”, afirmou. 

O camisa 10 reconhece que ainda tem carinho pelos ex-companheiros, mas não esconde a satisfação pela vitória no clássico. "Sou rivais deles lá hoje, mas já estive ao lado de cada um. Tenho um carinho grande, não vou ser hipócrita e dizer que não. Mas hoje fico feliz por ter ganhado deles", afirmou o meia em entrevista coletiva no Allianz Parque. 

Lucas Lima afirma que se sente totalmente adaptado. “Clássico nunca vai ser jogo normal. Clássico sempre vai ter uma atenção a mais. Ainda mais pelo o que aconteceu nos últimos anos. Agora estou defendendo as cores do Palmeiras, me sinto adaptado totalmente”, afirmou.

Com o triunfo, o Palmeiras se mantém invicto com 100% de aproveitamento. "Sabemos que seria difícil manter isso aí. Conseguimos manter hoje (domingo). Mostra que estamos no caminho certo, mas não ganhamos nada. Vai valer lá na frente, na reta final, no mata-mata. Nos dá confiança e mostra que estamos no caminho certo”, disse Lucas Lima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.