'Ficou barato para o Corinthians', diz técnico interino do Santos após clássico

Para Claudinei de Oliveira, empate por 1 a 1 com o rival na Vila Belmiro foi injusto

SANCHES FILHO, Agência Estado

08 de agosto de 2013 | 08h32

SANTOS - Claudinei de Oliveira demonstrou orgulho pelo comportamento do

Claudinei desconversou ao ser questionado sobre a demissão de Pedro Luiz Nunes Conceição e Caio de Stefano do Comitê Gestor, pelo presidente Luis Alvaro de Oliveira. "Foi uma decisão na esfera de cima e não tenho como opinar", disse. Mas ele lamentou a dispensa do gerente de futebol do clube, Nei Pandolfo, que será substituído pelo ex-jogador Zinho. "Nei sempre me deu o suporte necessário e me ajudou. Entendo a decisão da direção do clube, mas não posso me furtar de agradecer tudo o que ele fez por mim", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.