Fifa admite alerta com garrafas em estádio sul-africano

A Fifa está reavaliando a segurança do Estádio Royal Bafokeng, em Rustemburgo, depois de garrafas vazias de cerveja serem atiradas na direção do campo, sábado, no empate entre Gana e Austrália, em partida válida pelo Grupo D da Copa do Mundo.

AE-AP, Agência Estado

20 de junho de 2010 | 08h25

O incidente será minuciosamente investigado pela Fifa, segundo contou o porta-voz da entidade, Nicolas Maingot, porque trata-se de um assunto envolvendo a segurança dos jogadores. "As garrafas simplesmente não devem ser jogadas no campo", afirmou Maingot.

Mesmo jogando com um a menos desde o primeiro tempo, após o atacante Harry Kewell cometer pênalti e ser expulso, a Austrália segurou empate por 1 a 1 no sábado. O resultado deixou Gana na liderança com quatro pontos, um a mais do que Sérvia e Alemanha. Os australianos têm apenas um ponto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.