Nelson Almeida/AFP
Nelson Almeida/AFP

Fifa adverte croata por comemoração pró-Ucrânia após classificação para semifinal

Zagueiro Domagoj Vida provocou russos após vitória da Croácia nos pênaltis

O Estado de S.Paulo

08 Julho 2018 | 17h26

O zagueiro croata Domagoj Vida recebeu uma advertência da Fifa por um vídeo em que dedicou à Ucrânia a vitória de sua seleção sobre a Rússia, neste sábado, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

+ Fifa multa Federação Croata por uso ilegal de propaganda durante jogo

+ Polêmica, Copa do Catar-2022 deve render US$ 6 bilhões para a Fifa

Após a classificação da Croácia, o atleta de 29 anos gritou “Glória à Ucrânia!”, em vídeo publicado pelo ex-jogador Ognjen Vukojevic, atual membro da comissão técnica croata.

Os dois jogaram juntos no Dínamo de Kiev, clube símbolo do futebol ucraniano. No vídeo, Vukojevic acrescenta: “Essa vitória é pelo Dínamo e pela Ucrânia! Avante, Croácia!”.

A Fifa declarou que analisou o vídeo e decidiu aplicar uma advertência a Vida. “A Comissão Disciplinar da Fifa enviou uma advertência a Vida por sua declaração filmada”, indicou um porta-voz da entidade.

“Glória à Ucrânia!” é um slogan da revolução pró-europeia que levou à destituição do presidente ucraniano pró-Rússia Viktor Yanukovich em 2014 e a uma enorme crise na relação entre os dois países. Os russos anexaram a região da Crimeia dos ucranianos em 2014.

Parlamentares russos pediram à Fifa duras sanções contra a Croácia. “Atos assim deveriam ser punidos”, declarou Dmitry Svischyov, membro do comitê parlamentar sobre Esporte. Vida afirmou que não tinha a intenção de atacar o país anfitrião do Mundial. “Era só uma brincadeira”, garantiu.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.