Fifa ameaça punir Argentina por nome dado ao Torneio Clausura

Campeonato foi batizado 'Crucero General Belgrano', navio afundado na Guerra das Malvinas

AE-AP, Agência Estado

14 de fevereiro de 2012 | 16h13

BUENOS AIRES - A Fifa pediu à Associação de Futebol Argentino (AFA) que explique o nome dado ao Torneio Clausura. O campeonato foi batizado como "Crucero General Belgrano", que era exatamente a denominação de um navio que foi afundado em um ataque britânico durante a Guerra das Malvinas, há 30 anos.

Segundo comunicado divulgado pela Fifa, a AFA corre risco de ser punida se o Torneio Clausura, iniciado na semana passada, tiver esse nome. Em uma carta enviada para a associação argentina, a Fifa "lembra" que seu estatuto proíbe a discriminação política. O nome do torneio, de acordo com a Fifa "claramente" violaria o estatuto.

"A Fifa pediu à AFA para fornecer informações adicionais sobre esta questão e lembrou à AFA sobre o artigo 3 do estatuto da Fifa, que proíbe qualquer discriminação contra um país, ou indivíduos ou grupo de indivíduos por causa de sua origem étnica, sexo, língua, religião, política ou qualquer outro motivo", indica o texto.

A mudança de nome do torneio na Argentina veio em meio a uma crescente tensão diplomática entre Buenos Aires e Londres sobre o arquipélago no Atlântico Sul, ocupada pelos britânicos em 1833. Em 2 de abril, serão completados 30 anos da eclosão da guerra entre os dois países.

Durante a guerra, o afundamento do cruzador General Belgrano foi um dos eventos que inclinou o conflito em favor da Grã-Bretanha. Dos 649 soldados argentinos mortos na guerra 323 eram membros da tripulação do Belgrano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.