Arnd Wiegmann/Reuters
Arnd Wiegmann/Reuters

Fifa ameaça suspender a Federação Peruana por interferência do governo

Entidade exige que as federações de futebol sejam independentes da supervisão estatal.

Estadão Conteúdo

11 Outubro 2018 | 22h58

A Fifa alertou nesta quinta-feira que poderá suspender a Federação Peruana de Futebol se o parlamento do país modificar uma lei que permita que o corpo governante do futebol local seja supervisionado pelo Estado.

Através de sua conta oficial no Twitter, a Federação local publicou uma carta enviada pela secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, que alerta que qualquer alteração regulamentar poderia causar "uma eventual suspensão" para o Peru.

A Fifa exige que as federações de futebol sejam independentes da supervisão estatal. Um grupo de parlamentares locais considera que a lei não é constitucional porque não se submete à jurisdição interna.

Publicada no início de janeiro, a lei em discussão não permite que o Estado peruano supervisione as finanças da federação peruana, apenas o obriga a informar sobre o seu calendário de atividades.

O padrão também permite que o atual presidente da federação local, Edwin Oviedo, convoque uma nova eleição do conselho de administração apenas em 2019. Oviedo dirige o futebol peruano desde 2014 e sob sua gestão a seleção obteve classificação para a Copa do Mundo da Rússia depois de 36 anos de ausência.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.